vestido de casamento estilo princesa é uma boa escolha?

Já pensou em usar um vestido de casamento estilo princesa? Esse modelo é totalmente romântico e elegante, sem contar que combina com grande parte dos formatos de corpos femininos.

Por ser um clássico, ele é muito procurado pelas noivas, seja para um casamento diurno ou noturno. Além do mais, ele é bem versátil e consegue receber diversos tipos de acabamentos.

Por esse motivo, neste post, vamos falar um pouco mais sobre o vestido de casamento estilo princesa para inspirar você a encontrar o traje perfeito para o seu grande dia. Tem interesse em conhecer esse modelo? Continue a leitura para saber mais!

Quais são as características do vestido de casamento estilo princesa?

No geral, os vestidos de noiva no formato princesa não têm muitas diferenças entre si. O que varia, na maioria das vezes, são os detalhes escolhidos por cada pessoa. Eles costumam ser muito longos e com adereços como os bordados, pedrarias ou rendas.

Além de luxuoso, ele apresenta um leve toque de sensualidade, deixando a noiva ainda mais maravilhosa, contudo, sem deixar o look desadequado para ambientes mais sérios, como dentro da igreja.

A seguir, confira as principais características desse modelo de vestido de noiva!

Saia volumosa

O volume na saia é um dos seus traços mais marcantes. Inspirado nos modelos da realeza, esse vestido traz um toque a mais de sofisticação, chamando atenção para a região da cintura e trazendo conforto para a movimentação das pernas. Além disso, ele combina bastante com caudas longas.

Corpete justo

O corpete é outra característica do vestido. Ou seja, na sua parte superior, o modelo é mais justo e marca o busto e a cintura. Dessa forma, favorece os corpos que não têm essa área muito destacada e realça ainda mais os biotipos que já apresentam essa característica.

Corte evasê

O corte evasê é aquele que, de início, é mais justo e, ao longo do comprimento da peça, passa a ter um caimento mais solto. Nesse modelo, o corpete ajuda a deixar mais justa a região do busto e a saia volumosa deixa as pernas mais livres.

Cintura marcada

Como a saia é bem armada e o corpete é justo, o modelo acaba chamando atenção para a região que fica entre essas duas partes: a cintura. Sendo assim, o corte evasê modela a área o busto, podendo alongá-la, enquanto que o volume de baixo marca a silhueta, deixando a cintura mais delineada.

Com que tipo de corpo esse modelo combina?

O estilo princesa combina com boa parte dos biotipos femininos, como o triangular invertido, retangular, ampulheta, pera e oval. Além disso, fica bem em mulheres altas e baixas, porém, essas últimas precisam tomar cuidado com o ponto em que o volume começa para evitar que a silhueta fique achatada.

A ideia desse modelo é deixar a região da cintura mais fina por meio da saia volumosa e do corpete justo. Por isso, para os corpos que não têm essa área bem demarcada, o vestido serve para criar um efeito mais equilibrado. Já para os corpos que têm a cintura bem definida, o modelo é capaz de realçar essa característica.

Como fazer o acabamento no vestido princesa?

Como visto, o acabamento é um dos personagens principais desse vestido, além de ser o que proporciona o seu diferencial. Sendo assim, ele é bastante versátil e personalizável, justamente por ser capaz de receber os mais diversos tipos de adereços.

Por isso, confira, a seguir, as principais maneiras de fazer o acabamento no vestido de casamento estilo princesa!

Aplicação de renda

A renda é uma textura que deixa qualquer peça muito mais romântica. Nesse caso, ela costuma ser utilizada na parte superior do vestido, ou seja, no seu corpete. Quando a renda é mais trabalhada, a saia costuma ter um acabamento mais neutro para manter o equilíbrio da composição.

Tule

Um tecido que atribui um toque a mais em qualquer vestido é o tule. Ele é bastante útil para causar um efeito de transparência de maneira discreta e pouco vulgar. Além disso, ele pode ser aplicado tanto na região das mangas, em combinação com o bordado ou a renda, quanto no comprimento da saia.

Decote canoa

O decote canoa deixa o vestido mais elegante, visto que valoriza a região do colo e oferece aos ombros um ótimo destaque, sem expô-los totalmente. Ele é ótimo para realçar as curvas de mulheres com bustos menores e com silhuetas mais retas.

Além disso, ele não combina muito com o excesso de adereços, como a renda ou o bordado. Se o objetivo é criar uma boa harmonia na peça, o ideal é deixar os acessórios para a barra da saia.

Modelos tomara que caia

Esse é um dos acabamentos que tornam esse tipo de vestido ainda mais clássico. O tomara que caia é ótimo para destacar o colo, clavícula e ombros. Além disso, ele consegue deixar as curvas mais delineadas e proporciona um leve toque de sensualidade ao visual.

Esse adereço pode ser combinado com brilhos, rendas, bordados ou demais texturas, sem perder o equilíbrio. Sem mencionar que ele fica bem em praticamente todos os tipos de corpos. O único cuidado que precisa ser tomado é quanto às proporções do decote em pessoas com o busto mais cheio.

Manga longa

A manga longa é outro detalhe super-romântico e que combina bastante com cerimônias noturnas ou em estações mais frias. Ele também favorece o estilo de casamento mais tradicional e, por isso, é ótimo para ser usado dentro da igreja.

Além do mais, as mangas conseguem alongar e afinar a silhueta, independentemente do formato do corpo. O ideal é que elas sejam confeccionadas em tecidos mais leves, como o tule, seda ou até mesmo a renda.

O vestido de casamento estilo princesa é um dos modelos mais clássicos e versáteis para usar no seu grande dia. Além disso, ele tem tudo a ver com o clima de amor que emana da cerimônia. Por isso, vale a pena considerar esse corte para vestir no altar.

Agora que você já conhece esse modelo de vestido de noiva, que tal escolher também os sapatos para combinar? Para isso, confira 6 dicas para encontrar a cor de calçado perfeita!

Nenhum Comentário

Comentar

×