Acerte na escolha para o grande dia: conheça o vestido de noiva sereia

A escolha do vestido de noiva ideal não é tarefa fácil isso é fato. Várias mulheres ficam com diversos modelos na cabeça até definir de vez o que vão usar em um dos dias mais importantes de suas vidas.

Essa é uma reação muito comum, principalmente se considerarmos que existem diversas opções disponíveis. É normal gastar um tempo pensando sobre qual seria mais indicado para o tipo de celebração e modelo de corpo.

No meio de toda essa variedade, o vestido de noiva sereia se firma como um dos queridinhos (e prova disso é que está entre os mais escolhidos). Para entender um pouco melhor sobre esse modelo, não deixe de ler este artigo até o final. Vamos juntas mais uma vez?

O que é o vestido de noiva sereia?

Antes de qualquer coisa, precisamos deixar claro o que é o vestido de noiva sereia. Ele é caracterizado por ter a saia ajustada depois da cintura e, em seguida, apresentar uma abertura abaixo do quadril (um detalhe que pode ser maior ou menor segundo o desejo de cada noiva).

Como você deve imaginar, essa é uma ótima maneira de modelar o corpo e garantir um perfil ainda mais elegante para o seu grande dia. Para você ter noção, muitas noivas sentem que o corpo fica valorizado com esse tipo de modelo. E tem mais: caso siga com essa opção, vale destacar que o modelo pode ser explorado em diversas situações, como igrejas e praias.

Para qual tipo de corpo ele é indicado?

Agora que você já conhece um pouco melhor os detalhes desse tipo de vestido, deve estar se perguntando que tipo de noiva deve optar por ele, certo? Como adiantamos, ele equilibra e valoriza a silhueta, então é uma ótima alternativa para quem tem o corpo “violão” ou mais marcado.

Como chama muita atenção para o quadril, é bom refletir se você quer destacar essa parte do corpo. Caso não queira, é bom pensar um pouco melhor! Nesse caso, talvez seja aconselhável apostar em um modelo mais solto e que não marque a região. Ainda assim, nessa situação, pode ser escolhida uma peça com uma abertura um pouco maior.

Em quais situações usá-lo?

Como adiantamos, o vestido sereia é muito versátil e pode ser explorado em diversos tipos de casamento. Ele combina com casamentos ao ar livre ou em salões. No caso de quem procura conforto para os momentos mais quentes, ele é uma ótima alternativa, pois pode ser leve e ter poucas camadas de tecido.

No caso de cerimônias mais simples ou durante o dia, o modelo pode ser um pouco mais discreto e explorar opções como as rendas. Ele pode combinar muito com a situação, mas deve ser sem brilhos e paetês. Já para o caso de cerimônias mais elaboradas, o modelo pode ser mais marcado, contando com renda ou brilhos. Essa é uma forma de tornar o mesmo tipo de vestido um pouco mais sofisticado.

Além disso, a cauda rendada também pode ser explorada e é muito bem-aceita. Ela pode, inclusive, ser uma alternativa para substituir as mantilhas.

É bom deixar bem claro que toda noiva pode usar o vestido que desejar, mas alguns truques de estilo podem influenciar o resultado e fazer com que você se sinta ainda mais deslumbrante no grande dia! Por essas e outras razões, não abra mão de escolher um vestido que a satisfaça e que a deixe confiante nesse momento.

Quais tipos de decotes podem ser utilizados?

Existem diversos tipos de decotes que podem ser explorados em um vestido desse tipo, mas também é importante considerar o perfil de cada corpo. Conheça os principais deles abaixo.

Coração

Esse decote é muito explorado nos vestidos de princesa e confere um ar mais romântico. Ele é indicado para mulheres com costas largas ou que gostariam de valorizar o busto e dar a sensação de cintura fina.

V

O decote V é uma das alternativas mais comuns e tem muitas vantagens. Ele ajuda a alongar o pescoço e fazer com que fique mais fino o que é uma excelente alternativa para noivas mais baixas que gostariam de alongar a silhueta.

Tomara que caia

O tomara que caia é o queridinho de muitas noivas e combina muito com o vestido de noiva sereia. Ele é uma ótima alternativa para mulheres com seios menores ou que gostariam de ressaltar a parte de cima do corpo (seios e ombros). A vantagem é que ele fica bem em diversos tipos de corpo.

Gola alta

A gola alta cobre totalmente o busto e o pescoço (e pode ser feita com diversos tipos de tecido, como rendas). Esse tipo de decote ajuda a dar a impressão de seios mais fartos e pescoço menor.

Redondo

Esse decote tem um ar de modernidade, mas, ao mesmo tempo, ajuda a conferir um ar mais discreto a algumas noivas. Como deixa o colo descoberto, faz com que a região fique destacada. Ele é indicado para mulheres mais magras, já que as curvas do decote equilibram o visual.

Gota

O decote em gota é um dos principais modelos nos vestidos das princesas. Ele também destaca com facilidade a parte de cima do corpo, então deve ser explorado por mulheres que tenham seios menores/médios. Essa é uma ótima alternativa para quem quer passar uma imagem mais delicada e romântica, mas não gostaria do decote em coração.

O que mais considerar?

Antes de finalizarmos este post, não poderíamos deixar de compartilhar algumas dicas que podem facilitar o uso do vestido de noiva sereia. Como o modelo é colado ao corpo, é fundamental que tenha medidas bem ajustadas para não dar aquela sensação de que o modelo não é seu. Portanto, faça as adaptações para garantir que esteja perfeito.

Lembre-se também de tomar cuidado com algumas limitações do movimento, um reflexo muito comum em modelos mais justos. Por isso, quando for aproveitar a pista de dança, tenha em mente que precisa ser cautelosa. Para fechar, aposte em uma lingerie sem costura para não marcar o vestido e dê preferência a tecidos leves e flexíveis.

Agora que já conhece o vestido de noiva sereia (e os encantamentos que ele tem), reflita e perceba que ele pode ser uma ótima alternativa para o seu grande dia. Como você aprendeu aqui, ele pode ser adaptado aos desejos e perfil de cada noiva.

Se você quer continuar se informando sobre vestidos de casamento, então não deixe de ler o nosso artigo com as melhores opções para o casamento civil. Nos encontramos por lá!

Nenhum Comentário

Comentar

×