Quais são as diferenças marcantes do casamento real na Inglaterra? Saiba mais!

Em 2018, o príncipe Harry se casou com a nova duquesa de Sussex, Meghan Markle, e nós assistimos ao vivo a beleza de um casamento real. Com ele, foi possível recordar as últimas uniões da realeza britânica, como o do príncipe William com Kate Middleton e de seus pais Charles e Diana.

Diferentemente de um matrimônio comum, as solenidades dos monarcas ingleses têm algumas singularidades e obrigações além da tradição comum. Por isso, reunimos nesse post os diferenciais de um casamento real. Tem curiosidade em saber mais? Então continue a leitura!

Detalhes de um casamento real

Apesar de a celebração mais recente ter fugido um pouco dos padrões, a família da rainha Elizabeth II segue alguns costumes particulares. Por exemplo, você sabia que eles fazem duas festas? Uma é a recepção dos convidados — onde nem sempre todas as pessoas que estiveram na cerimônia fazem parte da lista — e, mais tarde, é realizado um jantar.

Confira a seguir mais curiosidades que acontecem nos casórios da família real!

Buquê da noiva

No século XIX, a avó do noivo da rainha Vitória colheu a própria flor do jardim da mansão Osborne House e ofereceu a ela. Desde então, é tradição que exista, pelo menos, um broto de murta nos buquês das noivas.

A planta tem um significado especial, simbolizando boas energias para o amor. Além disso, após a festa, a noiva não joga o buquê para os convidados. Na verdade, ela o deixa no Túmulo do Guerreiro Desconhecido, que fica na Abadia de Westminster.

Aliança dos noivos

Outro detalhe das cerimônias de união da família real britânica é que a aliança de casamento é sempre feita em ouro vindo do País de Gales. Esse país faz parte do Reino Unido, fazendo fronteira com a Inglaterra pelo Leste. Essa prática acontece desde 1923, iniciada por Elizabeth Lyon, a mãe da rainha atual.

Bolo de frutas

Outro costume é o bolo de frutas, feito com especiarias, frutas secas e conhaque, simbolizando prosperidade. Todos os casais, desde a princesa Vitória e o príncipe Albert, serviram esse doce na sua recepção aos convidados, com exceção de Harry e Meghan, que preferiram o sabor de limão com flor de sabugueiro.

Como o bolo tradicional é feito com ingredientes que se conservam por muito tempo, eles enviam uma fatia aos convidados após a cerimônia, com um bilhete agradecendo pela presença.

Traje militar do noivo

A partir de 1840, os príncipes passaram a se casar com um uniforme militar, visto que, desde a Idade Média, é comum que a realeza sirva nas forças armadas. O príncipe William, após a cerimônia, trocou a roupa por um traje formal. Seu irmão, Harry, em seu casamento, vestiu um conjunto na cor preta.

Permissão formal da rainha

Para que se casem, a rainha precisa dar uma benção formal previamente. Isso acontece por conta da Lei de Sucessão do Trono, aprovada em 2013, a qual prediz que os seis primeiros membros da linha de sucessão ao trono da família real precisam do consentimento do atual monarca ao se casar, caso queiram que ele e seus descendentes tenham a possibilidade de assumir o cargo de rei ou rainha futuramente.

Diferenças entre os casamentos das princesas

A melhor parte de conhecer mais sobre a celebração de amor das pessoas famosas é poder babar no vestido e decoração escolhidos, não é mesmo? Além dos matrimônios reais se diferirem em alguns pontos das nossas tradições, eles são bem diferentes uns dos outros, tanto pela vestimenta das noivas, quanto pelos detalhes das cerimônias.

Veja a seguir as principais diferenças entre os três casamentos mais recentes da família real!

Diana Spencer

A icônica princesa Diana se casou em julho de 1981, com um look que roubou a cena. Seu véu tinha nada menos que 7 metros e meio de comprimento, enquanto o vestido contava com mangas e saia volumosas e ainda apresentava uma cauda de quase oito metros.

Feito totalmente em seda, ele foi bordado à mão com mais de dez mil pérolas e lantejoulas. Na época, a peça custou aproximadamente 11 mil euros. Além disso, ela usou uma tiara maravilhosa, com a mistura de ouro, prata e diamantes. Nos pés, apostou em um sapato coberto por 150 pérolas formando um coração.

Ela não só ostentou no visual, mas também na festa, com cerca de 3.500 convidados e 27 bolos tradicionais de frutas. Apelidada como Lady Di, a filantropa foi um ícone de beleza, sendo a primeira esposa do príncipe Charles. No entanto, ela faleceu no ano de 1997, deixando dois filhos, William e Harry.

Kate Middleton

Uma das pessoas mais influentes do mundo, principalmente no ramo da moda, Kate Middleton sempre está por dentro das tendências e é uma ótima referência de estilo. Em comparação à Lady Di, o look e a cerimônia foram muito mais simples.

Custando mais de 30 mil euros, seu vestido de noiva apresentava uma saia volumosa de 2,70 metros e rendas nas mangas. Na parte da frente, o tecido de seda contava com bordados de flores, acompanhado de um véu de tule.

A cerimônia de sua união com o príncipe William aconteceu na Abadia de Westminster e teve cerca de dois mil convidados. Entretanto, as festas foram mais privadas, com apenas 650 pessoas na recepção e 300 no jantar. Os custos foram divididos entre a família do noivo e pelos empresários Middleton. Além disso, o bolo foi tradicional e feito pela famosa confeiteira Fiona Cairns.

Meghan Markle

Meghan chegou à família real quebrando paradigmas. Americana, bi racial, divorciada, feminista e ex-atriz, a esposa do príncipe Harry é a que menos se assemelha às outras duas e a sua cerimônia não podia ser diferente.

A noiva foi ao altar no mês das noivas, acompanhada de seu sogro, vestindo um traje minimalista que também foi confeccionado em seda, com mangas compridas e decote barco. Seu véu, com cinco metros em tule, tinha flores bordadas homenageando os países da Commonwealth — uma organização intergovernamental, traduzida em português como Comunidade das Nações.

A duquesa de Sussex ainda usou uma tiara de diamantes que pertencia à rainha Mary, avó de Elizabeth II. Além disso, o seu buquê contava com flores colhidas pelo seu noivo no jardim privado que existe no Palácio de Kensington.

Diferentemente dos outros casamentos, o seu aconteceu em um fim de semana, na Capela St. George, localizada no Castelo de Windsor. A comemoração foi ainda mais privada que o de Kate e custeada pela família britânica. Contou com 600 convidados na solenidade religiosa, um almoço oferecido pela rainha e um jantar mais restrito, com 200 pessoas, comandado pelo pai do noivo, na Casa Frogmore.

O fato é que um casamento real britânico conta com muita tradição e personalidade, sempre protagonizando as matérias dos noticiários, blog e revistas. E com razão, não é verdade? É impossível não se encantar com o capricho e atenção com cada detalhe.

E aí, curtiu o post? Quer se inspirar mais um pouco com os casamentos dos sonhos? Então confira também os principais casamentos de famosos em 2018!

Nenhum Comentário

Comentar

×