5 dicas surpreendentes para reutilizar o vestido de noiva

Uma das peças protagonistas de um casamento é o vestido. Por esse motivo, é comum que muitas noivas entre dilema sobre comprar ou alugar um deles. Apesar  do aluguel ser mais cômodo, adquirir o seu próprio traje apresenta muito mais vantagens, principalmente quando se trata das diversas formas de reutilizar o vestido de noiva.

Para ajudar você melhor nessa jornada, selecionamos os principais benefícios de comprar o seu próprio vestido para o seu grande dia e ainda reutilizá-lo após o casamento. Curiosa para saber como? Então continue acompanhando este post!

Aprenda a reutilizar o vestido de noiva

Estar com a roupa perfeita no dia do casamento é prioridade para a maioria das noivas. A demora para escolher o vestido perfeito, o capricho com os ajustes e a atenção com os demais detalhes torna esse item muito mais simbólico e com um maior valor sentimental. Por essa razão, ter a veste após a cerimônia é importante para muitas mulheres e, para tornar tudo ainda mais especial, é possível reutilizá-lo de diferentes formas. Veja!

1. Transforme o modelo

Uma das coisas mais divertidas de se fazer no ramo da moda é customizar uma peça e isso também pode ser feito com as roupas de noiva. Com uma pitada de criatividade, é possível transformar todo o vestido em um formato mais casual, perfeito para outras ocasiões como eventos refinados, para ser madrinha de casamento ou mesmo para usar no dia a dia.

Por exemplo, caso o seu modelo apresente adereços como as pérolas e outro tipo de contas, é possível retirá-las ou adicionar novas aplicações ao tecido. Isso também é válido para o caso do bordado ou renda.

Outra opção de personalização do vestido é deixá-lo mais curto. Inclusive, você pode utilizar as sobras para encapar o álbum de fotos do casamento. Além disso, é possível dar um toque a mais da sua personalidade com a retirada das mangas, tornando-o mais justo ou solto, entre outros possíveis ajustes.

Você também pode alterar a cor, transformando-o em uma ótima opção de vestimenta para festas e eventos mais sérios, apenas tirando o tom de branco. É interessante investir em colorações mais claras, para preservar o toque suave do modelo, invista em tons pastel para isso. Assim, você pode reaproveitá-lo até mesmo para ir a um casamento como convidada ou madrinha.

Caso você não se sinta confiante de fazer as mudanças sozinha, procure por referências e pela ajuda de um profissional que tenha experiência com reformas de roupas. Desse modo, você se surpreende com o resultado e ainda garante a ressignificação da peça.

2. Guarde para sua filha

Outra forma muito bonita de conservar o valor simbólico do vestido é passando-o por gerações. Afinal, quem não acha super-romântico se casar com o look que antes foi usado para celebrar o amor dos seus pais ou avós? O conceito de legado deixa um elo mais forte entre a peça e a família. Por isso, muitas noivas optam por guardar o vestido para sua filha ou nora.

Entretanto, nesse caso é necessário ter uma atenção redobrada na conservação do tecido. É  extremamente importante reservá-lo em locais de pouco contato com o sol, ar ou demais agentes do ambiente, assim evita o desgaste da peça com o passar do tempo.

Além disso, pesquise sobre as necessidades de manutenção e limpeza do tipo de tecido, guarde-o sempre limpo e seco, preserve-o das traças e outros insetos e evite a umidade. Vale a pena também investir em sachês de ervas para espantar as pragas e deixar um bom odor.

3. Utilize em ocasiões com dress code branco

Outra forma de reutilizar o vestido de noiva é guardando-o para ocasiões onde o código de vestimenta pede pela coloração branca. Modelos mais versáteis conseguem se adaptar facilmente para ambientes mais elegantes, sem o perigo de chamar a atenção por parecer uma noiva, mesmo que a roupa tenha sido usada para a cerimônia.

As modelagens de caimento mais solto, com poucas armações e cauda curta, são os mais práticos para usar em festas, viradas de ano, casamentos all white, entre outros eventos.

4. Faça ensaios de fotos

Outra opção muito usada para reutilizar o vestido é por meio de uma sessão de fotos. Uma modalidade americana que tem se tornado cada vez mais popular é o Trash the Dress. Seu objetivo é tirar fotos com brincadeiras que podem estragar o vestido, como exemplo, sujar a barra, molhar, pintar com tintas e, nas versões mais radicais, até mesmo rasgá-lo.

No entanto, no Brasil as noivas optam pelas sessões mais leves, que não chegam a estragar o vestido. A ideia é deixar o clima mais tranquilo e descontraído e tirar aquela sensação de timidez que muitos noivos têm durante os ensaios de pré-wedding. Sem contar que colocá-lo novamente é super emocionante e traz uma boa sensação às pessoas.

Um dos cenários mais utilizados para ensaios Trash the Dress ou diferentes estilos pós-wedding são: a praia, campo e demais ambientes ao ar livre, a fim de trazer uma leveza à mais às recordações dessa fase.

5. Doe ou alugue para outras noivas

Essa é uma opção para as noivas mais desapegadas e que gostariam de ver a peça sendo usada para deixar outras mulheres felizes. Sabe aquela amiga que sempre sonhou em casar, mas o orçamento nunca coube no bolso dela? Doar o seu vestido é uma forma linda de presentear uma pessoa e ainda ajudar no grande dia de uma pessoa querida.

Além do mais, você pode colocar o seu traje para alugar, principalmente se o modelo for mais trabalhado e cheio de detalhes. Dessa forma, ele não fica parado e ainda gera lucro.

Saber dessas formas de reutilizar o vestido de noiva e adquirir a própria peça torna-se mais tentador, não é mesmo? É sempre importante reforçar que existem muitos estilistas e profissionais que podem ajudar você nessa tarefa de conservar a peça ou transformá-la em outro modelo. Um exemplo é o serviço de upcycling que oferecemos, no qual é feita uma reconstrução do vestido da maneira que você desejar.

Tem interesse em saber mais sobre o trabalho de reconstrução de vestidos de noiva? Então entre em contato conosco e conheça melhor o nosso trabalho!

Nenhum Comentário