Tipos de buquê de noivas: escolha o melhor para você

Um dos pontos mais importantes em um casamento são as flores, tanto as da decoração quanto (e principalmente) as das mãos da noiva, que definem quase todos os outros aspectos visuais. No entanto, a grande variedade dos tipos de buquê de noivas nem sempre facilita na hora da escolha.

Historicamente, os buquês serviam como um amuleto de boa sorte para os noivos e eram compostos por ervas. Atualmente, ele acompanha a noiva na marcha nupcial, complementando seu vestido e mostrando um pouco mais da sua personalidade.

Pensando em ajudar nessa fase tão importante da vida de um casal, selecionamos alguns modelos de buquês de noivas e suas possíveis combinações. Acompanhe o texto e descubra!

Tipos de buquê de noivas

Para acertar na escolha do buquê, é interessante observar alguns detalhes: o tipo de cerimônia, o período em que será realizada, o formato do corpo e a altura da mulher etc.

Confira os principais tipos de buquê de noiva para que você possa identificar o seu favorito!

Cascata

Por muito tempo esse modelo foi abandonado pelas noivas, mas agora voltou a ser o queridinho dos casamentos com decorações mais tradicionais.

Além disso, sua dimensão também se alterou quando comparada à de antigamente. Agora, esse tipo de buquê vem de forma mais comprida e menos compacta, com as flores organizadas em um melhor caimento e, geralmente, combinadas com tecidos e laços de cetim.

Por ter um tamanho muito grande, não combina muito com mulheres mais baixas, visto que ofusca a imagem da moça. Além disso, esse modelo vai bem com cerimônias organizadas à tarde e à noite.

Coração

Esse tipo de buquê tenta manter o formato do símbolo do amor. Atualmente as flores tendem a se manter em um padrão menos simétrico, e a ponta do coração é feita com uma flor mais pendurada.

Para atribuir mais personalidade e romantismo ao buquê, folhagens também são usadas nesse modelo. Ele é indicado para pessoas de todo tipo de estatura, que têm um estilo mais romântico, e combina mais com casamentos à luz do dia.

Taças

Esse buquê apresenta uma simetria menos uniforme, com a parte de cima mais aberta, remetendo ao formato de uma taça — o que deu origem ao seu nome.

Ele é mais indicado para casamentos que não seguem a linha mais tradicional, que ocorrem no período noturno, e para mulheres cheias de personalidade. No entanto, não é recomendado para pessoas muito magras, pois pode tirar de evidência toda a parte superior do vestido.

Braçada

Esse é um tipo de buquê que reúne flores de caules longos. Geralmente é feito de tulipas ou lírios, e é carregado em um maço apoiado no braço. Dependendo da flor escolhida, costuma-se envolver as pontas do caule em um tecido de linho, no tom do vestido da noiva.

Buquês de flores braçadas combinam com casamentos ao ar livre, com um estilo mais bucólico, como aqueles realizados no campo e no período da tarde. Eles combinam com noivas de estilo mais despojado, mas que não abrem mão do romantismo. Em relação ao tipo de corpo, eles têm mais a ver com noivas que têm silhuetas equilibradas e uma maior estatura.

Redondo

Também conhecido como buquê bolinha, é o mais clássico de todos os modelos e combina com todo tipo físico. Apesar de ser bastante tradicional, sempre é possível atribuir um toque a mais de modernidade, como o uso de mais de um tipo de flor, ramos, folhagens etc., ficando a critério da noiva.

As mulheres mais tradicionais têm preferência pelo formato assimétrico e de cor branca, enquanto aquelas que gostam de algo mais ousado prezam pela variedade de cores.

Seu tamanho também costuma variar bastante. Os maiores, conhecidos como nosegay, apresentam bastante volume, acessórios e variedade de flores e folhas. Eles costumam ser levados à frente.

Também há os pequenos, chamados de posy, que não apresentam tanta simetria e costumam ter poucas flores.

Sugestão de flores para o buquê

Na hora de escolher a flor — ou as flores — ideais para o seu buquê, é importante levar em consideração a estação do ano.

Caso o casamento ocorra durante a primavera, flores coloridas e grandes são as preferidas, como o copo de leite e as callas. Já no outono e no inverno, flores de tamanho médio são mais interessantes, como as rosas, orquídeas, gérberas etc.

No verão, aposte em flores que têm cores quentes e claras, como a boca-de-leão e os lírios.

Cuidados necessários com o buquê

Além de escolher o buquê, existe um conjunto de cuidados que são imprescindíveis para fazer a escolha mais adequada e preservar a sua beleza. Confira:

  • lembre-se que o buquê não faz parte da decoração do casamento, mas é um acessório para o seu look;

  • saia em busca do buquê com cerca de três meses de antecedência, pois alguns arranjos precisam de um período maior de tempo para serem preparados;

  • quando for escolher o buquê, leve fotos do vestido às floriculturas para ter uma ideia melhor em relação à combinação de cores, tamanhos etc.;

  • pesquise antecipadamente se o casamento será realizado durante a época da flor desejada, pois flores fora de época costumam ser mais caras;

  • quando tiver o buquê em mãos, deixe-o guardado na geladeira até a hora do casamento, a fim de preservar as flores;

  • como o buquê passa por várias mãos até chegar na noiva, é importante evitar flores muito delicadas ou envolvê-las em um plástico ou tecido que as deixem seguras até a hora do casamento;

  • caso queira ficar com o seu buquê, encomende duas peças iguais — uma para guardar e outra para jogar para as convidadas.

Agora que você conhece os principais tipos de buquê de noivas, a tarefa de escolher o modelo que mais se encaixa no seu perfil ficou um pouco mais simples, certo? Nunca se esqueça de procurar a peça com alguns meses de antecedência e de conversar bastante com floricultores, a fim de conhecer mais sobre as flores escolhidas.

Além disso, faça uma escolha que tenha a ver com o seu estilo e com as suas preferências, mesmo que leve um pouco mais de tempo para encontrar.

Gostou do post? Aproveite e assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

 

Nenhum Comentário