O que você precisa saber sobre os tipos de convite de casamento

Entre os diversos preparativos que a chegada do tão sonhado grande dia envolve, muitos casais acabam se esquecendo de analisar um ponto muito importante: os tipos de convite de casamento. Embora pareça pouco significativo, é sempre bom lembrar que esse é o primeiro contato que seus convidados terão com sua cerimônia — e, por isso, é muito importante investir nele.

Para entender um pouco melhor o que considerar nesse momento tão especial, não deixe de acompanhar algumas dicas que daremos a você neste post. Vamos lá?

Os diversos tipos de convite de casamento

Quando o assunto é o convite de casamento, não dá para fugir: logo associamos aos modelos mais tradicionais, que envolvem uma coloração entre o branco e o bege com letras douradas, pretas ou pratas. É claro que podemos ter variações, mas, de um modo geral, não foge muito disso, não é mesmo?

Ainda assim, é inegável que os tipos mais usuais são simples e elegantes. Um detalhe que tem feito muita diferença é o selo de cera. Ele é muito elegante e confere aquele ar de realeza e conto de fadas que muitas noivas adoram. Isso sem contar que é lindo esteticamente e traz um ótimo impacto visual.

As tendências desse mercado

Adiantamos acima quais seriam os tipos de convite mais tradicionais, mas não dá para negar que o mercado de casamento (assim como qualquer outro) também é fortemente motivo por tendências. Veja algumas!

Personalização

Os convites seguem uma tendência que tem atingido vários outros segmentos e aspectos: a de personalização. É claro que nem sempre é fácil criar um modelo específico para cada convidado, mas segmentar por grupos já é um grande avanço.

Isso significa que você pode atingir algumas pessoas mais especiais, especialmente grupos como padrinhos, pais, avós e outras pessoas importantes.

Aquarela

A aquarela também ganhou o coração dos noivos e promete continuar tendo ainda mais força nos próximos anos. Existe, hoje, a opção de contratar uma pessoa para fazer tudo de forma personalizada também, com as cores que preferir e elementos visuais que tenha relação com a história do casal.

Ilustração floral

Esses modelos são incrivelmente lindos e, justamente por isso, chamam atenção dos noivos e dos convidados. Além disso, essa é uma maneira de dar um tom ainda mais alegre e descontraído para o momento, mostrando como vocês estão felizes com os passos que virão pela frente.

Estilo rústico

Quem opta por um casamento ao ar livre, especialmente aqueles mais rústicos (como na fazenda ou no campo, por exemplo), pode explorar isso no convite também. Essa é uma forma de os convidados já começarem a sentir o que vocês estão planejando para comemorar esse momento importante.

Tons fortes

Os convites de casamento mais tradicionais envolvem uma paleta de cores mais tradicional. Justamente por isso, explorar cores fortes e tons diferentes é um grande rompimento — mas também se firma como uma forte tendência.

O que não pode faltar no seu convite

Entre tantos pontos para analisar e considerar, pode ser difícil para alguns casais perceber aquilo que é realmente imprescindível para que seu convite seja um sucesso. Veja alguns pontos que elencamos aqui!

Relação com a identidade visual do evento

O convite deve, sim, ser visualmente bonito, mas é muito importante que tenha elementos relacionados com o seu evento. Se for na praia ou no campo, por exemplo, ele pode (e deve) sinalizar isso.

Caso decida optar por um modelo floral, uma boa é colocar as cores que utilizará na decoração. Pense no que já decidiu para esse dia memorável e explore o convite para comunicar alguns desses aspectos. As pessoas percebem essa associação e veem que você pensou nos mínimos detalhes!

Escrita bonita

Ter uma escrita bonita pode parecer um detalhe pouco significativo, mas faz uma diferença e tanta! Esse é um elemento visual que costuma ser reparado, então invista um pouco nele.

Alguns casais acabam pensando que o convite não merece tanta atenção ou até mesmo que é “dinheiro jogado fora”. Quando começar a pensar assim, lembre-se da importância de demonstrar o cuidado com os seus convidados do começo ao fim.

Informações básicas

Um convite efetivo precisa trazer as informações básicas para que o convidado não fique perdido. Por isso, ele deve contemplar pontos como data do casamento, horário, nomes dos noivos, local e endereço (para cumprimentos e envio de presentes).

Portanto, antes de fechar qualquer coisa, é importante que vocês sejam criteriosos e analisem se ele traz todos esses pontos. Assim, seus convidados ficarão devidamente informados.

Como escolher a melhor opção

A escolha da melhor opção é uma decisão muito particular, então é natural que dependa muito de cada casal e o que eles esperam para esse dia. Alguns consideram a melhor opção aquela que está dentro dos seus sonhos, enquanto outros levam em consideração o orçamento.

Como você pode perceber, esse é um detalhe muito subjetivo e que varia muito de pessoa para pessoa. Ainda assim é bom considerar se ele atende os pontos indispensáveis que comentamos anteriormente.

O que pode influenciar o custo

Os diferentes tipos de convite de casamento envolvem diversos custos também. Esse é um ponto natural, já que um convite mais requintado é mesmo mais caro que os mais simples. Ainda assim, existem outros aspectos que podem influenciar os custos.

Entre os mais comuns, não poderíamos deixar de falar aqui do tipo de papel, tamanho do convite, letra escolhida e tipo de envelope e selo para fechamento. É isso mesmo: enquanto isso tudo parece mero detalhe para algumas pessoas, na verdade faz muita diferença no tipo de convite e, por consequência, no preço a ser pago no final das contas.

Quando devem ser enviados

Segundo as normas de etiqueta, o mais recomendado é que o convite seja enviado com um mês de antecedência. Essa é uma maneira de deixar seus convidados avisados sobre a festividade e fazer com que eles consigam se programar para participar.

É preciso muita disciplina na hora da entrega, pois, como são muitos envolvidos, é muito comum que alguns acabem se perdendo um pouco com os prazos. Ainda assim, é importante que ninguém receba o convite em cima da hora, pois pode ficar parecendo que foi acrescentado à lista nos momentos finais. Portanto, invista no planejamento e fuja do estresse!

Uma alternativa para já comunicar as pessoas que você quer ao seu lado nesse momento é utilizar o Save the Date. Ele pode ser enviado com um prazo maior (normalmente de mais ou menos três meses de antecedência) para que todos já guardem a data.

Depois de entender um pouco melhor sobre os tipos de convite de casamento, não deixe de olhar para esse item com ainda mais cuidado e encantar seus convidados. Como comentamos, por mais sem importância que ele possa parecer para algumas pessoas, ele consegue comunicar muitas coisas!

Gostou das dicas? Então que tal aproveitar para saber mais sobre os principais estilos de casamento? Não deixe de conferir!

Nenhum Comentário