Conheça 9 tradições de casamento ao redor do mundo

Basta falar em tradições de casamento para muitas pessoas logo pensarem em deixá-las de lado. Embora alguns protocolos realmente não façam mais sentido com o passar do tempo, outros podem garantir a beleza desse momento tão especial.

Convenhamos: quando explorada da maneira correta, a tradição tem o seu lugar (ou vai dizer que uma noiva vestida de branco não é bonita?). Pois bem, esse é apenas um exemplo de como os hábitos e costumes que incorporamos com o passar do tempo podem fazer sentido.

Ainda assim, como você deve imaginar, as tradições mudam muito de país para país, mas várias delas contam com peculiaridades e belezas únicas. Se você quer conhecer algumas delas ao redor do mundo, então não deixe de ler o post de hoje até o final. Vamos juntas nessa?

1. Quebra de copos – Casamento Judaico

O casamento judaico é um modelo cheio de tradições. Enquanto para alguns isso pode parecer uma bobeira, para outros significa manter um ritual e simbolismo que vem no decorrer dos séculos e carrega muitos significados consigo.

Uma das ações mais comuns acontece logo ao fim da cerimônia, quando a noiva e o noivo quebram um copo. Eles fazem isso pisando em uma unidade que está enrolada em um pano. Essa iniciativa tem vários significados, mas o principal deles é mostrar que o casamento passa por momentos bons e ruins, mas o casal deve manter o compromisso de continuar unido.

2. O uso do banheiro – Indonésia

As tradições orientais são ainda mais distintas das que estamos acostumadas, mas também contam com belezas que fazem toda diferença. Na ilha de Bornéu, por exemplo, que fica entre a Indonésia e Malásia, existe um hábito um tanto quanto peculiar: os casais não podem usar o banheiro durante 3 dias e 3 noites após o casamento.

Essa determinação da tribo de Tidong pode parecer sem sentido, mas eles acreditam que esse costume vai proporcionar um casamento longo e feliz! Assim fica mais fácil entender o sacrifício, certo?

3. Corte dos troncos – Alemanha

Os alemães também contam com uma das mais famosas tradições de casamento. A ação é bem antiga e prevê o corte de um tronco pelo meio — tudo feito pelo próprio casal após a união.

Essa é uma maneira de demostrar que os dois têm que trabalhar junto para conquistar as coisas que desejam, além de comunicar que eles podem superar os obstáculos da vida a dois desde que enfrentem isso de forma conjunta.

4. Presentes para sogra – Coréia

Se você pensa que a sogra pode ser um verdadeiro percalço no seu caminho, então é bom saber que a Coréia conta com tradições de casamento bem peculiares nesse assunto. Além dos trajes que já são coloridos, os noivos também presenteiam a sogra.

O presente é um pouco diferente para nós, pois envolve patos ou gansos. Entretanto, isso é bem comum na tradição oriental e a prova disso é que essas imagens ficam em vários momentos na cerimônia. A razão disso tudo é que os animais são monogâmicos, então têm o poder de representar a lealdade do casal.

5. Cuspe na noiva – Quênia

Esse hábito pode ser muito estranho, mas é muito comum para o povo de Massai, no Quênia. Como as mulheres daquela região costumam se casar com homens mais velhos que elas, o pai na noiva abençoa a filha com um cuspe na cabeça (muitas vezes envolvendo leite também).

Durante a cerimônia, elas também costumam ficar com uma postura cabisbaixa e triste, já que sentem que estão abandonando as famílias. Depois de casada, no caminho para a nova casa ela é proibida de olhar para trás, demonstrando que está “rompendo” alguns laços com o antigo lar. Um tanto quanto inusitado, não é?

6. Corpo desenhado por henna – Índia

Quem viu a novela “Caminho das Índias” provavelmente vai se recordar desse hábito que é simplesmente fantástico: ter o corpo desenhado e colorido por tatuagens de henna.

O evento para que isso aconteça é conhecido como Mehendi e é uma celebração feita na noite antes do casamento. Esse é o momento em que a noiva se reúne com as mulheres da família para um período colorido.

Tudo isso é feito por um artista profissional que “desenha” as mãos e pés da noiva — e das outras mulheres também. De acordo com a religião deles, essa é uma forma de simbolizar o despertar espiritual, beleza e alegria desse momento!

7. Chorar pela separação – China

Embora o choro possa acabar acontecendo devido às emoções da cerimônia, ele não está presente como um ritual aqui no Brasil. Pois bem, tudo é bem diferente para o povo de Tujia, na China.

Por lá, as noivas devem chorar por uma hora todos os dias no mês anterior ao casamento — incluindo a cerimônia em si. O passar do tempo prevê que a mãe e a avó dela também participem desse momento, mas tudo isso é feito para simbolizar a felicidade.

8. Apresentação de dança – Cazaquistão

Como você pode perceber, as tradições de casamento podem ser bem diferentes ao redor do mundo. O Cazaquistão, por exemplo, prevê uma apresentação de dançarinos, o que é bem distinto. Além disso, a noiva é revelada depois dos véus em uma cerimônia formal em um palácio do país.

Depois disso, o protocolo prevê a liberação de duas pombas brancas, o levantamento de um grande véu e o start de uma grande festa.

9. Casamento real – Inglaterra

Os casamentos reais ingleses também arrebatam o coração de muitas pessoas ao redor do mundo. Nada mais natural, já que eles remetem a toda aquela ideia de “contos de fadas”, príncipes, princesas e castelos. Ele tem um apelo tão grande com o público que tudo usado nesse grande dia acaba virando tendência.

Embora muitos protocolos tenham sido quebrados nos últimos anos, eles ainda contam com pontos muito tradicionais, como o vestido branco, a cerimônia na igreja protestante e a famosa volta pela região depois do enlace.

Estamos mais acostumadas com esses protocolos e tradições, sendo que vários deles foram relembrados depois do recente casamento do príncipe Harry com a atriz americana Meghan Markle. Ele consegue emocionar muitas pessoas com uma união cheia de regras, mas em que o enlace consegue ir além de tudo isso.

Agora que você já conhece algumas tradições de casamento ao redor do mundo, ficou ainda mais fácil perceber como a união pode ser diferente, não é mesmo? Cada região trouxe consigo uma série de hábitos e costumes que são mantidos por diversos motivos, indo desde fatores culturais a religiosos.

E você, conhece outro hábito que não compartilhamos aqui? Comente no espaço abaixo e torne nosso conteúdo ainda mais interessante!

Nenhum Comentário