Noiva supersticiosa? Conheça as principais tradições de casamento!

Você conhece as principais tradições de casamento que se perpetuaram ao longo da história? Sabe quais são os significados de cada uma delas? Vai casar e quer estar por dentro de tudo para contar com toda a sorte de felicidade possível? Então, este post é para você.

Fizemos um passeio pelas tradições de casamento e separamos as principais delas, detalhando o seu significado e origem. Conheça as principais e faça sucesso no seu grande dia!

 

Chuva de arroz

Esse costume teve origem há milhares de anos na Ásia, mais especificamente na China, quando um pai quis exibir a sua riqueza com uma chuva de arroz no casamento da filha.

Os convidados, ao atirarem arroz nos noivos, estão desejando prosperidade, saúde e fertilidade ao casal — sentimentos que o alimento simboliza no país de origem da tradição.

Em alguns casamentos, o arroz é substituído por pétalas de rosas. Nesses casos, a simbologia está atrelada ao respeito mútuo e à sensibilidade.

Jogar o buquê

Esse ato representa a partilha da felicidade da noiva, após o matrimônio, com as suas amigas solteiras. Segundo a tradição, aquela que pegar o ramo de flores será a próxima a casar.

No entanto, há quem diga também que pegar o buquê dá azar.

Anotar nomes das próximas a casar na barra do vestido

Essa é uma brincadeira que também privilegia as amigas solteiras da noiva. Com o ato, espera-se que aquelas com o nome bordado também possam viver momentos especiais como os da nubente e casar em breve.

Para as mais modernas, há a tendência do bordado e também a de incluir pequenos corações com cada um dos nomes ao redor da barra do vestido.

Cortar a gravata do noivo

Essa é uma brincadeira tipicamente brasileira. Os amigos do noivo passam de mesa em mesa abordando os convidados para comprarem um pedaço da gravata do recém-casado. O objetivo é acumular uma quantia extra para ser gasta na lua de mel.

Atualmente, tem-se pensado em alguns brindes para os convidados que contribuírem com a “operação lua de mel”. Adesivos criativos e balões customizados estão entre os objetos mais utilizados.

Partir, juntos, o bolo de casamento

A tradição do bolo de casamento surgiu na Roma Antiga. Naquela época, ao comer um pedaço, a noiva simbolizava o desejo de que tudo, a partir daquela ocasião, desse certo para o casal.

Nos dias de hoje, quando o noivo e a noiva cortam conjuntamente o bolo, eles reforçam os votos das alianças, ou seja, naquele momento eles representam uma vida única que está prestes a ser compartilhada com as pessoas mais queridas e importantes de suas vidas.

Um detalhe notável é que, para valorizar a fertilidade, a noiva deve comer o primeiro pedaço.

Bem-casados

O bem-casado surgiu em Portugal e veio para o Brasil na época da colonização. Ele foi inspirado — sendo um descendente indireto — do alfajor árabe.

Esses são os quitutes mais famosos em uma festa de casamento, representando a junção de duas partes, seladas por meio da união e do respeito.

Eles são, comumente, distribuídos ao fim da festa. Ao saboreá-los, os convidados estão abençoando os noivos com felicidade e sorte.

Antes da primeira mordida, não se esqueça de fazer um pedido!

Nota de dinheiro no sapato direito da noiva

Essa superstição é um pouco menos conhecida que as demais. Ela consiste em colar uma nota, de qualquer valor, abaixo da sola do sapato direito da noiva. Reza a lenda que esse ato faz com que o casal nunca passe por dificuldades financeiras ao longo do matrimônio.

Cabe ressaltar que quanto maior a nota escolhida, maior será a prosperidade que eles usufruirão. Vale apostar nessa dica, não é mesmo?

Algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul

Esses quatro elementos representam um ditado de tradição inglesa — something old, something new, something borrowed, something blue, no original. No dia do casamento, a noiva deve usar um item com cada uma dessas características — quatro no total — para obter sorte no matrimônio.

Cada um deles tem uma representatividade específica. O item velho — que pode ser uma joia de família, por exemplo —, faz menção a ligação da noiva com seus ancestrais e, portanto, com o seu passado.

O objeto novo, por sua vez — que pode ser o vestido de 1º aluguel, por exemplo —, faz alusão ao seu futuro, a sua nova vida como casada.

Usar algo emprestado — como um brinco, por exemplo — simboliza a amizade com aquela pessoa que é querida e o casal deseja manter sempre por perto. Além disso, a lenda diz que o proprietário do objeto também recebe sorte e felicidade em seu próprio casamento.

E, por fim, um acessório azul — que pode ser lingeries ou uma pedra no colar, por exemplo — representa a pureza e a fidelidade, baseando-se no significado dessa cor na Roma Antiga.

Não é tão difícil fazer essa combinação, não é mesmo? Apesar de o ditado ser inglês, esse costume ganhou muita força nos Estados Unidos e já conta com aderentes no Brasil. Afinal, toda chance de obter sorte e felicidade é bem-vinda.

Padrinhos e madrinhas de casamento

Há controvérsias sobre a origem dos padrinhos de casamento. No entanto, acredita-se que essa figura foi atribuída, originalmente, aos guerrilheiros tribais, amigos do noivo. Eles tinham a função de protegê-la, na ausência do patriarca, de possíveis raptores.

As funções e a simbologia por trás dessa figura mudaram com o catolicismo. No século XVI, a igreja católica estabeleceu a exigência de duas ou três testemunhas para conceder a bênção aos noivos. Desde então, essas pessoas são classificadas como os padrinhos do casal.

Atualmente, o número de pessoas que ocupa essa posição no casamento é variável. Recomenda-se que eles representem até 8% do total de convidados — em uma festa para 100 convidados, chame quatro casais de padrinhos.

A principal função desses privilegiados é abençoar o casal durante a cerimônia e, anteriormente a ela, auxiliar nos preparativos. Como são escolhidos para o cargo pessoas muito queridas e grandes amigos, eles devem, também, se fazer presente na vida do casal, dando suporte para as suas conquistas e felicidade.

As tradições de casamento transformam o grande dia em um momento mais animado e encantador. Além disso, elas dão mais energia ao ambiente, fazendo com que essa data torne-se ainda mais especial.

Gostou de nossas da nossa seleção de tradições de casamento? Lembrou de mais alguma que deixamos de fora desta lista? Então, conta para a gente nos comentários.

5 Comentários